Galáxia Via Láctea é “deformada e torcida”

Um novo estudo realizado por uma equipe de cientistas na China revelou que nossa galáxia está realmente afivelada nas bordas.

Quando pensamos na Via Láctea, tendemos a imaginá-la como um disco perfeitamente plano, no entanto, na realidade, ela se torna cada vez mais distorcida e retorcida quanto mais longe do centro que você olha.

Isso ocorre porque, em direção às bordas, os átomos de hidrogênio que compõem a maior parte do disco de gás não estão tão fortemente ligados ao plano galáctico fino, fazendo com que fiquem curvados acima e abaixo dele.

As descobertas foram publicadas recentemente na revista Nature Astronomy por cientistas da National Astronomical Observatory (NAOC) da Academia Chinesa de Ciências.

A pesquisa envolveu a criação de um modelo 3D detalhado da galáxia usando um catálogo publicado recentemente de Cefeidas clássicas – um tipo de estrela para a qual distâncias razoavelmente precisas podem ser determinadas.

“Nas regiões mais externas da Via Láctea, descobrimos que o disco estelar tipo S é deformado em um padrão espiral progressivamente torcido”, disse o professor Richard de Grijs, da Universidade Macquarie, na Austrália.

Essa forma é semelhante à de várias outras galáxias observadas pelos astrônomos.

“Combinando nossos resultados com essas outras observações, concluímos que o padrão espiral distorcido da Via Láctea é provavelmente causado por ‘torques’ – ou forçamento rotacional – pelo disco interno maciço”, acrescentou o pesquisador sênior e co-autor do estudo, Dr. Liu Chao.

Deixe seu comentário!