Formiga Drácula fecha suas mandíbulas a 300 km/h

A formiga de Drácula recebeu seu nome a partir de seus hábitos alimentares incomuns.

O animal com o apêndice móvel mais rápido do mundo foi revelado como uma pequena formiga com uma mandíbula letal.

A espécie, que pode ser encontrada na África, na Austrália e no sudeste da Ásia, é capaz de fechar suas mandíbulas a uma distância impressionante de 320 quilômetros por hora – 5 mil vezes mais rápido que um piscar de olhos.

A maneira como seu mecanismo de mandíbula funciona também é incomum e envolve o carregamento de molas em suas mandíbulas com tensões internas que se soltam quando uma mandíbula desliza sobre a outra.

A força resultante é perfeita para arrebatar presas ou para ajudar a formiga a se defender.

“Suas poderosas mandíbulas funcionam como uma ratoeira, exceto pelo mecanismo de trava e mola, tudo em um”, disse o entomologista Andrew Suarez, da Universidade de Illinois.

“As formigas usam esse movimento para bater em outros artrópodes, provavelmente atordoando-os, esmagando-os contra uma parede de túnel ou empurrando-os para longe.”

Este incrível movimento de encaixe é agora reconhecido como o movimento de animais mais rápido já registrado.

Deixe seu comentário!