Ferramentas antigas poderiam reescrever a história

A descoberta de ferramentas de pedra na Argélia colocou em dúvida a noção de que a África Oriental era o “berço da humanidade”.

Encontrados durante escavações no local de Ain Boucherit, no nordeste da Argélia, as ferramentas, que datam de 2,4 milhões de anos, são 600 mil anos mais velhas do que qualquer coisa encontrada anteriormente no país.


Arqueólogos acreditam agora que ou os primeiros humanos se espalharam muito rapidamente da África oriental ou emergiram simultaneamente em várias regiões diferentes do continente africano.

“As evidências da Argélia mostram que o berço da humanidade não estava restrito apenas à África oriental”, disse o líder da pesquisa, professor Mohamed Sahnouni.

“Pelo contrário, todo o continente africano era o berço da humanidade.”

Embora ainda haja muito trabalho a ser feito para confirmar essas conclusões, se é verdade que a humanidade não emergiu exclusivamente na África oriental, isso significa que os livros de história de nossa história evolutiva podem muito bem ter que ser reescritos.

Deixe seu comentário!