Destroços do USS Indianapolis foram encontrados 70 anos depois

Os destroços de um cruzador, afundado por um submarino japonês há 70 anos, finalmente foram descobertos.

Durante os últimos dias da Segunda Guerra Mundial, o USS Indianapolis vinha de Guam para as Filipinas depois de transportar componentes da bomba atômica quando foi atacado de repente.

O dano que sofreu foi tão devastador que afundou em apenas doze minutos, tirando da tripulação a chance de enviar um sinal de socorro ou de implantar equipamentos de salva vidas.

Dos 1.196 marinheiros que estavam no navio, apenas 800 sobreviveram ao naufrágio e apenas 316 conseguiram retornar para casa vivos. O resto de afogou ou morreu de desidratação.

Exatamente o que afundou o navio permanece um mistério de sete décadas, mas agora, graças aos esforços de uma equipe de pesquisa civil encabeçada pelo co-fundador da Microsoft, Paul Allen, o paradeiro dos destroços foi finalmente determinado.

“Ser capaz de honrar os homens corajosos do USS Indianapolis e suas famílias através da descoberta de um navio que desempenhou um papel tão importante no fim da Segunda Guerra Mundial é verdadeiramente extraordinário”, disse ele.

“Como americanos, todos devemos uma dívida de gratidão à equipe por sua coragem, persistência e sacrifício diante de circunstâncias horríveis”.

Deixe seu comentário!