Descoberto antepassado humano de 13 milhões de anos

Os paleontologistas descobriram um crânio que poderia ser do primeiro antepassado conhecido da humanidade.

Desenterrado dentro da área de Napudet, no Quênia, o crânio fóssil é particularmente bem preservado porque o animal foi engolfado, juntamente com a floresta, por uma devastadora erupção vulcânica.

Nomeado Nyanzapithecus alesi, este primata pré-histórico, que viveu aproximadamente 13 milhões de anos atrás, era uma pequena e ágil criatura de árvores que não era diferente do Gibão de hoje.

“Nyanzapithecus alesi fazia parte de um grupo de primatas que existiam na África por mais de 10 milhões de anos”, disse o autor principal do estudo, Dr. Isaiah Nengo, da Universidade Stony Brook.

“O que a descoberta de Alesi mostra é que este grupo estava perto da origem dos macacos vivos e humanos e que essa origem era africana”.

Deixe seu comentário!