Corações de baleia podem bater apenas duas vezes por minuto

Os biólogos registraram com sucesso os batimentos cardíacos da maior criatura do mundo pela primeira vez.

Medindo até 100 pés de comprimento e pesando mais de 200 toneladas, a baleia azul é a maior e mais pesada criatura viva que já existiu em toda a história do mundo.


Basta dizer que um animal tão grande também precisa de um coração grande e a baleia azul é realmente gigantesca – crescendo até o tamanho de um carrinho de golfe e pesando até 200 quilos.

Agora, em um esforço renovado para aprender mais sobre esses gigantes gentis, os cientistas conseguiram, pela primeira vez, usar um monitor de pulso com ventosa especial para medir a freqüência cardíaca de uma baleia azul, que mergulhou e ressurgiu ao longo de nove horas .

Durante esses mergulhos, sua frequência cardíaca passou de 34 batimentos por minuto na superfície para impressionantes dois batimentos por minuto nas profundezas mais profundas – resultado muito menor do que o esperado.

“Os animais que operam em extremos fisiológicos podem nos ajudar a entender os limites biológicos do tamanho”, disse o principal autor do estudo, Jeremy Goldbogen, da Universidade de Stanford, na Califórnia.

“Eles também podem ser particularmente suscetíveis a mudanças no ambiente que podem afetar o suprimento de alimentos. Portanto, esses estudos podem ter implicações importantes para a conservação e o manejo de espécies ameaçadas de extinção, como as baleias azuis”.

Deixe seu comentário!