Como a exposição à radiação interferirá na mente dos viajantes de Marte

Finja, por um momento, que você é um dos primeiros viajantes a viajar para Marte. O que estaria em sua mente? Certamente a jornada em si será estressante, e você provavelmente estará manipulando várias coisas em seu cérebro a cada segundo, para não mencionar a preocupação com o que será a vida quando você finalmente chegar ao Planeta Vermelho.

Um novo estudo publicado na revista eNeuro sugere que essas ansiedades totalmente razoáveis ​​podem ser estimuladas pela exposição à radiação durante o vôo pelo espaço, levantando preocupações sobre a adequação humana para missões no espaço profundo.

O estudo se concentra em experimentos de baixa dose de exposição à radiação em camundongos, e os pesquisadores argumentam que a simulação não é apenas realista, mas também assustadora, pois a NASA dá os primeiros passos no sentido de levar missões tripuladas a Marte.

“Enquanto a NASA se prepara para uma missão em Marte, surgiram preocupações sobre os riscos à saúde associados à exposição à radiação no espaço profundo”, explicam os pesquisadores. “Usando uma nova instalação de irradiação de nêutrons com baixa taxa de dose, descobrimos que exposições realistas e com baixa taxa de dose produzem sérias complicações neurocognitivas associadas à deficiência na neurotransmissão”.

Para o experimento, a equipe expôs roedores de laboratório a meses de radiação de baixa intensidade. Após seis meses de exposição, os animais exibiram “defeitos neurocomportamentais e eletrofisiológicos marcantes”, segundo os pesquisadores. Uma viagem tripulada da Terra a Marte provavelmente levará de seis a oito meses.

Pesquisas anteriores demonstraram que a exposição à radiação pode causar alterações cognitivas, mas existem poucas pesquisas sobre os efeitos específicos da radiação em baixas doses, como aquelas que os viajantes espaciais poderiam enfrentar durante missões prolongadas a Marte e além. Este novo estudo sugere que o risco de problemas cognitivos é significativo e que a exposição à radiação no espaço pode aumentar drasticamente a ansiedade.

Proteger os viajantes dos perigos do espaço será a principal prioridade da NASA, pois se aproxima do envio de seres humanos para outro planeta. Garantir que uma espaçonave possua os recursos de proteção para manter a tripulação saudável (e feliz) será um grande desafio, e a exposição à radiação definitivamente terá que ser considerada.

Deixe seu comentário!