Cinco membros da mesma família “não sentem dor”

Letizia Marsili e outros cinco membros da família são afetados por uma insensibilidade à dor incomum.

A síndrome de dor de Marsili, que é nomeada em nome da própria família, resulta em um limiar excepcionalmente alto para a dor, o que significa que a maioria dos pacientes não percebe ferimentos graves.

Letizia, sua mãe, seus dois filhos, sua irmã e sua sobrinha sofrem com essa aflição peculiar.

“De um dia para outro, vivemos uma vida muito normal, talvez melhor que o resto da população, porque raramente nos sentimos mal e dificilmente sentimos qualquer dor”, disse Letizia.

“No entanto, na verdade, sentimos dor, a percepção de dor, mas isso só dura por alguns segundos”.

Embora a condição pareça potencialmente benéfica, a incapacidade de sentir lesões pode ser perigosa – especialmente no caso de lesões internas ou ossos quebrados que podem ser graves se não forem tratados.

A própria Letizia uma vez fraturou seu ombro enquanto esquiava, mas só ao sabia visitar um médico no dia seguinte porque sentia uma leve sensação de formigamento na mão.

Os cientistas agora estão esperando identificar uma mutação genética nos membros da família afetados que poderia levar a novos tratamentos para pacientes com dor crônica.

“Nós abrimos uma nova rota para a descoberta de drogas para alívio da dor”, disse a Prof Anna Maria Aloisi.

Deixe seu comentário!