Cientistas alertam para os perigos da “Estufa da Terra”

Um efeito do aquecimento global ainda pode ocorrer mesmo se os países conseguirem reduzir as emissões de CO2.

A notícia preocupante vem de um novo estudo de uma equipe internacional de pesquisadores do clima que adverte que o impacto da humanidade sobre as temperaturas globais pode transformar as forças naturais da Terra contra nós.

Neste momento, 4,5 bilhões de toneladas de carbono que de outra forma acabariam na atmosfera são absorvidas pelas florestas tropicais, oceanos e terras da Terra a cada ano, protegendo-nos do aquecimento global descontrolado.

Uma vez que as temperaturas globais atinjam dois graus acima dos níveis pré-industriais, esses mecanismos de proteção podem se transformar em uma fonte de carbono liberando enormes quantidades para a atmosfera e elevando ainda mais as temperaturas para níveis não vistos na Terra em 1,2 milhão de anos.

A resultante elevação do nível do mar pode tornar a maioria das regiões costeiras do planeta inabitáveis.

Nossa única chance de evitar esse resultado será reduzir significativamente as emissões de carbono – muito mais do que as metas indicadas atualmente – para evitar o pontapé inicial deste processo em primeiro lugar.

“O que estamos dizendo é que quando chegamos a 2 graus de aquecimento, podemos estar em um ponto em que entregamos o mecanismo de controle ao próprio Planeta Terra”, disse o co-autor Prof Johan Rockstrom.

“Nós somos os que estão no controle agora, mas uma vez que passamos 2 graus, vemos que o sistema da Terra passa de amigo a inimigo. Nós entregamos totalmente nosso destino a um sistema da Terra que começa a sair do equilíbrio. ”

Deixe seu comentário!