Centro Pompidou-Metz

O Centro Pompidou-Metz é um centro de artes francês situado na cidade de Metz, no meio do Parc de la Seille e a estação. A inauguração ocorreu após uma solenidade oficial, realizada no dia 11 de maio do ano 2010, tendo como objetivo de representar a expansão do Centro Georges Pompidou de Paris.

A prefeitura municipal de Metz, Lorraine, e o departamento de Mozela, e também o estado e a União Européia, financiaram todo este empreendimento cultural. A estrutura do edifício construído é formada por 3 galerias, com mais de 70 metros de comprimento, 15 metros de largura e 7 metros de altura, que se interligam, compondo a forma de um hexágono.

O Centro Pompidou- Metz está registrado na habilidade produzida pelo centro parisiense de mostrar e influenciar a divulgação e descoberta de diferentes formas artísticas, e também aguçar e provocar o aparecimento de público considerável para obras européias dos séc. 20 e 21. É um grande projeto, com exposições e atitudes artísticas, exigidos pela contemporaneidade.

Com o nome de Chefs-d’ceuvre (significa obras- primas, em português), expos mais de 795 obras de 249 artistas, a maioria delas do Pompidou parisiense. A exposição ocupa um espaço de 5 mil metros quadrados, e abrilhantam com cinema, artes plásticas, músicas, pinturas, criações do século 20. Dessa forma ela dispõe um maior conhecimento do que é obra prima, para o público e até mesmo para os próprios artistas. Dentre os artistas expostos estão, obras de: Matisse, Man Ray, Picasso, Jean Prouvé.

A exposição irá deixando espaço para exposições rápidas, com tempo previsto, entre 3 ou mais de 4 vezes no ano, com grande apoio da coleção do Pompidou parisiense de diferentes formas, e instituições publicas dentro e fora da França. Dessa forma o centro se torna um grande produtor de exposições tanto de outros, quanto do próprio país.

Jean- Marie e Jean- Jacques Aillagon, criadores do projeto, a cidade onde esta localizado o centro e regiões vizinhas, terão um grande crescimento devido ao centro artístico principalmente no plano turístico.

Com mais de 550 mil habitantes, a cidade de Metz e as regiões próximas a ela, e uma fronteira de aproximadamente 1,4 milhões de habitantes. Estas regiões podem por meio deste centro o crescimento econômico, com capacidade de ser um centro econômico, e cultural.

Algumas datas importantes:

Janeiro 2003: O projeto Metz foi implantado.

Março 2003: lançado o concurso para projeto arquitetônico.

Novembro 2003: foi escolhido o projeto.

Setembro 2005: Licença concedida para o inicio das obras.

2007-2009: realização das obras

Janeiro 2010: liberação do prédio por parte da construtora.

Deixe seu comentário!