Catapora – Sintomas e Tratamentos

O que é Catapora?

A catapora ou varicela (nome científico) é uma doença altamente contagiosa provocada pelo vírus Herpesvirusvaricellae, também conhecido como HHV3 (human herpes virus3).

Causas da Catapora

Geralmente, atinge os seres humanos na infância, mas na maior parte das vezes, são benignas e caracterizadas por pequenas feridas, manchas vermelhas na pele que costumam se manifestar no tronco, rosto, membros e, em alguns casos, nas mucosas acompanhadas de coceira intensa. Essas lesões se transformam em bolhas com líquido e, em cerca de cinco dias, começam a cicatrizar.

Precauções contra a Catapora

Os médicos aconselham a não tocar ou coçar as feridas, que por sua vez, podem causar infecções bacterianas, provocando e aumentando a possibilidade de manchas na pele por tempo indeterminado.

Sintomas da Catapora

Os primeiros sintomas, que varia muito de pessoa para pessoa, são febre de 37,5° a 39,5°, mal-estar, falta de apetite, dor de cabeça e cansaço.A catapora pode ser transmitida por contato direto através da saliva, secreções nasais contendo o vírus, mesmo que os sintomas ainda não tenham surgido. A transmissão se torna muito comum no inverno ou em épocas de chuva, quando grandes quantidades de pessoas permanecem em locais fechados com maior frequência.

As secreções das feridas também podem contaminar. Há a possibilidade de transmissão de mãe para filho, durante a gestação.Se a doença não receber os devidos cuidados, ela pode evoluir para quadros mais graves, como pneumonia, edema, infecção de ouvido entre outros. Em gestantes e recém-nascidos, é necessário ter atenção redobrada, pois se encontram com a imunidade comprometida.

Tratamento contra a Catapora

A catapora tem um alto grau de transmissibilidade, sendo importante que os pacientes repousem em casa, por pelo menos uma semana, evitando que outras pessoas sejam contaminadas. Existe outra medida eficaz para prevenir a contaminação da catapora, que é a vacina.

Vale ressaltar que uma vez adquirido o vírus, a pessoa fica imune por toda a vida.No entanto, ele permanecerá no organismo e, no futuro, se o indivíduo com imunidade baixa poderá desenvolver uma doença similar a herpes, ou cobreiro.

Algumas precauções são vacinar as crianças contra a catapora no primeiro ano de vida, sendo que a vacina também pode munir às pessoas não vacinadas que tiveram contato próximo com doentes, para evitar ou amenizar o quadro do vírus e evitar contato direto com pessoas que estejam com a doença.

Ao surgir qualquer um dos sintomas o médico deverá ser procurado para que um diagnóstico preciso seja efetuado e o tratamento adequado seja indicado ao paciente.

Deixe seu comentário!