Casal respiratoriano diz viver só de ‘energia’

Camila Castello e Akahi Ricardo afirmam comer apenas uma pequena quantidade de comida e dizem que nunca sentem fome.

Considerado extensamente como uma prática perigosa que resultou em várias mortes ao longo dos anos, o respiratorianismo se baseia na convicção de que é possível viver sob a energia da luz solar em vez de alimentos convencionais, uma ideia que permanece altamente controversa e cientificamente não comprovada.

De acordo com Castello e Ricardo, que vivem entre a Califórnia e o Equador, o casal só come três vezes por semana e quando comem, as refeições consistem em um pedaço de fruta ou uma tigela de caldo.

A maioria de seu sustento, segundo eles, vem da “energia que existe no universo e em si mesmo”, algo que eles também se referem como “alimento cósmico”.

“Os seres humanos podem viver facilmente sem comida, desde que estejam conectados à energia que existe em todas as coisas e através da respiração”, disse Castello.

“Por 3 anos, Akahi e eu não comemos nada e agora só comemos ocasionalmente como se estivéssemos em uma situação social ou se eu simplesmente quiser provar uma fruta”.

Os especialistas em saúde, entretanto, descartaram as reivindicações do casal ao analisá-las como perigosas, com base no número significativo de pessoas que sofrem de distúrbios alimentares.

O corpo humano precisa de alimentos para sobreviver e uma dieta diária equilibrada é essencial para se manter saudável.

Basta dizer que isso é algo que você definitivamente não deveria tentar em casa.

Deixe uma resposta