Cápsula da Boeing Starliner não chega a Estação Espacial

O veículo reutilizável da Boeing pretendia atracar na estação esta semana, mas as coisas não foram bem planejadas.

Semelhante à cápsula Orion da Lockheed Martin, o Boeing CST-100 Starliner é projetado para transportar astronautas para o espaço como parte dos esforços contínuos para acabar com a dependência da NASA na sonda russa Soyuz para as necessidades de transporte da tripulação.


A Starliner lançou seu primeiro voo não tripulado na manhã de sexta-feira com a intenção de se reunir com a estação para demonstrar suas capacidades de atracação, no entanto, um erro de tempo significou que ela terminou na órbita errada e não conseguiu mais atingir seu objetivo.

Depois de passar apenas 48 horas circulando a Terra, a cápsula retornou para um touchdown bem-sucedido na Faixa de Mísseis White Sands, no Novo México, hoje cedo.

Apesar dos problemas técnicos, o futuro parece brilhante para a Starliner.

“Foi um alvo absoluto, melhor do que eu imaginava”, disse o administrador da NASA Jim Bridenstine sobre o pouso.

“Isso é bom para a agência, é bom para a Boeing; isso é bom para os Estados Unidos da América”.

No entanto, provavelmente serão alguns meses antes que a cápsula possa ser lançada novamente.

Deixe seu comentário!