Candidíase – Sintomas e Tratamentos

O que é a Candidíase?

A candidíase é uma infecção originada pelo crescimento significativo do fungo chamado de cândida albicans, que podem surgir em várias partes do corpo.

O fungo cândida albicans está presente em todas as pessoas, porém o seu crescimento excessivo ocorre somente em algumas pessoas, principalmente aquelas que possuem o sistema imunológico enfraquecido, consumo excessivo de açúcar ou alergias.

Os Tipos das Candidíase

Existem vários tipos de infecções causadas pela candidíase como: Candidíase oral, candidíase vaginal, candidíase peniana e candidíase intestinal. Um problema muito comum que ocorre com as pessoas que possuem o problema são as infecções recorrentes de candidíase, chamado de candidíase recorrente. A doença é muito comum, mas a boa noticia é que existem várias formas de tratar e cuidar da doença.

O Tratamento da Candidíase

O tratamento com remédios e produtos farmacêuticos ainda são os mais utilizados e também o mais eficaz no combate a doença. Porém, os remédios combatem apenas os sintomas da doença, eles não impedem que a infecção reapareça novamente.

Como prevenir a Doença

A melhor forma de evitar a candidíase recorrente é procurar fortalecer o sistema imunológico, além de evitar comer alimentos que tem excesso de açúcar. Às vezes basta eliminar somente um grupo de alimentos que você nunca mais terá problemas de candidíase.

Pessoas com sistema imunológico baixo por causa de tratamentos de câncer, esteróides ou doenças como a AIDS, por exemplo, a candidíase pode surgir em todo o corpo e, na maioria das vezes, pode ser fatal devido o sistema imunitário enfraquecido.

Geralmente, o sangue, cérebro, olhos, rins e coração são órgão mais afetado pela doença. Mas o fungo cândida pode cresce também nos pulmões, fígado e baço. Cerca de 15% das pessoas que tem o sistema imunológico baixo desenvolvem algum tipo de doença sistêmica por causa da candidíase.

As infecções entram na corrente sanguínea através de cortes ou machucados na pele ou até mesmo nas membranas mucosas. Podem estar sujeito as infecções pessoas que precisam de engenhos implantados na pele, como cateteres para urinar ou para receber soro, também são portas de entrada para o fungo entrar no organismo. Assim como as pessoas que utilizam drogas injetáveis podem contrair o fungo diretamente para a corrente sanguínea.

O uso da Camisinha é importante

A candidíase é uma doença que é, erroneamente, classificada como uma DST ou seja, uma doença sexualmente transmissível. No entanto, não é, uma vez que, ela pode ser pega em qualquer lugar por uma pessoa com a imunidade baixa.

Deixe seu comentário!