Brutus e Crasso, você sabe quem foram?

Com certeza alguma vez na vida você já ouviu a célebre frase: “Até tu Brutos?”. Ou a expressão “erro Crasso”. Mas você sabe quem foram Brutus e Crasso? Ou quais foram a traição e o erro capazes de atravessar séculos? Toda história tem uma origem, então vamos conhecê-la.

Ambos os personagens pertenceram ao Império Romano e cometeram ações das quais devem ter se arrependido amargamente. Decimus Junius Brutus Albinus era um general romano, filho adotivo do grande imperador Julio César. Seu pai participou do primeiro triunvirato, que foi o governo de três chefes, junto com Crasso e Pompeu.

Após a morte de Crasso, ele disputa o poder com o outro comandante e vence. Ao assumir seu novo posto, faz grandes mudanças no governo e diminui o poder do Senado, tornando-se ditador perpétuo.

Como seu filho fazia parte do Senado e estava incomodado com todas essas mudanças e acreditava que esse seria o fim do Império Romano, Brutus resolveu aderir ao plano de conspiração para matar o próprio pai. Júlio César foi pego numa emboscada dentro do senado, onde foi cercado e esfaqueado por todos.

No início tentou se defender, mas ao encontrar Brutus entre os traidores sucumbiu com a famosa frase: “Até tu Brutus?”

Já Marcus Licinius Crassus, um rico banqueiro que tinha uma gana cega por dinheiro e poder não se contentou em dividir o governo de Roma com outros dois militares e queria possuir uma província.

Para isso decidiu declarar guerra contra os partos. Esse foi seu primeiro erro. Os partos eram um povo guerreiro, famosos por sua habilidade com o arco e flecha.

Confiante de que sua superioridade numérica era suficiente e disposto a massacrar o inimigo de rompante, Crasso decidiu cortar caminho por um vale estreito para ganhar tempo.

Mas todos sabiam que isso era uma condenação certa à derrota. O seu erro foi algo tão estúpido, que provavelmente ninguém em seu juízo perfeito o faria.

E tornou-se a história militar mais estúpida de todos os tempos, porque os sírios fecharam as duas únicas saídas e os massacraram com seus arco e flechas. Crasso morreu com mais 30000 homens.

Daí, surgiu a expressão : erro Crasso!

Deixe seu comentário!