Boto enterrado em cemitério medieval intriga arqueólogos

Uma descoberta arqueológica recente, perto de Guernsey, produziu algo bastante inesperado – um esqueleto de um boto.

Quando Philip de Jersey, da Universidade de Oxford e sua equipe, descobriram recentemente um local de enterro na pequena ilha de Chapelle Dom Hue, eles esperavam encontrar os restos de um monge medieval.

Em vez disso, ao escavar o túmulo, eles encontraram o esqueleto de um boto.

“É muito peculiar, não sei o que fazer com isso”, disse Jersey. “Por que enterrar um boto no que parece ser uma sepultura?”

A descoberta é ainda mais misteriosa pelo fato de que a sepultura parece ter sido cavada com cuidado e deliberadamente de uma maneira que normalmente seria esperada de um enterro humano.

Quem era responsável tinha aparentemente atribuído grande significado a este animal em particular.

“Se o mataram para comer sua gordura, por que se esforçaram para enterrá-lo”, disse Jersey. “Isso é o que me intriga”.

Deixe seu comentário!