As Baleias e os Golfinhos vêem azul?

Golfinhos e baleias vivem no profundo mar azul, mas estranhamente esses animais não conseguem ver a cor azul!

Leo Peichl do Instituto Max Planck para Pesquisa do Cérebro em Frankfurt e seus colegas descobriram durante testes de rotina que as focas não respondem à cor azul.

Intrigados, realizaram testes semelhantes em algumas outras espécies, como golfinhos e baleias, e encontraram os mesmos resultados.

De acordo com a evidência fóssil, acredita-se que as baleias tenham descido de um ungulado primitivo de quatro patas (mamífero castrado) que vivia em terra e era semelhante ao moderno hipopótamo.

Como o hipopótamo, as baleias vêm à superfície para respirar até hoje. No entanto, os testes realizados em hipopótamos e nutrias de rio (parentes próximos as focas) mostraram que ambas as espécies são receptivas à cor azul.

Peichl e sua equipe acreditam que há milhões de anos, baleias e focas perderam sua visões coloridas depois de se separarem de um antepassado comum.

Mas, um punhado de paleontologistas (pessoas que estudam vida pré-histórica de animais e plantas através da análise de restos fósseis) são de opinião que as baleias, golfinhos e focas viviam em águas costeiras, onde os detritos que incluíam rocha, lama e areia tendiam a apagar a luz azul.

Durante um período de tempo, seus olhos se ajustaram à falta de azul e, no entanto, hoje, as baleias vivem em águas muito mais profundas e ainda não têm a capacidade de ver o azul!

A maioria dos mamíferos tem dois tipos de células de pigmento em seus olhos, chamados cones, que escolhem luz azul e verde. Humanos e outros primatas têm um terceiro cone para luz vermelha.

As células do cone ajudam você a ver detalhes mais finos de um objeto, como a cor, enquanto outras células, conhecidas como bastonetes, respondem a estímulos leves em uma área geral, sem poder distinguir os detalhes.

Os golfinhos podem não ser capazes de ver o azul, mas, ao contrário dos humanos, eles podem ver muito bem mesmo em águas turvas, porque um olho de golfinho tem 7.000 vezes mais bastonetes que um olho humano.

Deixe seu comentário!