Amelia Earhart foi capturada pelos japoneses?

Uma nova teoria sugere que Earhart e Fred Noonan foram feitos prisioneiros em Saipan e mais tarde executados.

Quando Amelia Earhart desapareceu no Oceano Pacífico durante uma tentativa de circunavegar o globo em seu Lockheed Model 10 Electra em 1937, a questão do que aconteceu com ela se tornaria um dos mistérios mais duradouros da era moderna.

Embora tenha havido muito foco recentemente na ideia de que Earhart e seu navegador Fred Noonan desceram no Pacífico e morreram no remoto atol de Nikumaroro, outra teoria, que foi apresentada em um documentário recente do History Channel intitulado Amelia Earhart : The Lost Evidence , sugere que foram capturados pelos japoneses e levados para a ilha de Saipan.

De acordo com William ‘Bill’ Sablan, que vive em Chamorro, seu tio Tun Akin Tuho realmente trabalhou na prisão onde o famoso aviador e seu navegador foram levados.

A história é que, na década de 1930, dois prisioneiros caucásicos – um homem e uma mulher – foram trazidos para a prisão de Saipan por navio depois que o avião na qual estavam voando desceu no oceano.

Eles supostamente permaneceram na prisão por cerca de três dias antes de serem executados. O tio de Sablan até indicou que as autoridades dos EUA conseguiram localizar e recuperar os seus restos.

Se os dois prisioneiros em Saipan realmente eram Earhart e Noonan, porém, permanece desconhecido.

Deixe seu comentário!