200 pessoas participam da primeira convenção sobre Terra Plana no Reino Unido

O peculiar encontro viu centenas de fiéis crentes da Terra Plana se reunirem em um hotel em Birmingham.

Na era dos satélites em órbita, das espaçonaves interplanetárias e de uma estação espacial totalmente tripulada, o fato de a Terra ser redonda (um esferoide oblato) é tão indiscutível quanto o nariz em seu rosto.

Notavelmente, no entanto, ainda existem aqueles que permanecem inflexíveis de que a Terra é realmente plana.

A convenção não ortodoxa, que contou com cerca de 200 pessoas, incluindo um gerente do NHS e um educador especial, durou cerca de três dias e contou com vários palestrantes convidados que apresentaram “prova” de que nosso planeta é tão plano quanto uma panqueca.

Um deles, David Marsh, passou 12 meses conduzindo seu próprio experimento baseado no jardim para rastrear o movimento da Lua pelo céu para refutar as leis aceitas do movimento planetário.

“Minha pesquisa destrói a cosmologia do Big Bang”, disse ele. “Ela apóia a ideia de que a gravidade não existe e a única força verdadeira na natureza é o eletromagnetismo”.

Segundo o organizador Gary John, tem havido uma onda de interesse pelo tema nos últimos anos.

“As pessoas estão acordando”, disse ele. “Estamos vendo uma explosão de interesse em teorias planas da Terra e crescente desconfiança dos governos.”

Mas se a Terra é plana, como é possível que um barco ou avião possa circunavegar o globo?

Darren Nesbit tem uma resposta para esse também, ele chama de “efeito Pac-Man”. Como em um videogame, ele argumenta, quando você alcança a ‘borda’ do planeta, você simplesmente ‘deforma’ para o outro lado.

Deixe seu comentário!